Faculdade de Direito da USP

Fachada da Faculdade de Direito da USP - Largo São Francisco - São Paulo
Faculdade de Direito da USP
Projeto do arquiteto Ricardo Severo e inaugurado em 1940, o prédio atual da Faculdade de Direito da USP foi motivo de polemica devido ao mesmo ter tomado o lugar de construções históricas do século 17 que eram sede de fato da antiga Faculdade de Direito sob controle das Ordens Primeira e Terceira de São Francisco. Na época de sua construção foi considerada como a primeira intervenção urbana violenta da cidade. 
Em estilo Neocolonial (mescla de ecletismo e barroco brasileiro), o prédio atualmente é Tombado pelo Condephaat. Localizado no largo São Francisco, Centro, o edifício tem uma forte ligação com fatos políticos e históricos passados, como a Revolução Constitucionalista de 1932, através das iniciativas e participação de seus ex-alunos e egressos. A iniciativa de construção deste prédio se deu por conta de Alcântara Machado, ex-diretor da faculdade, que em face de muitas polemicas criadas com a nova obra achou um meio termo com a manutenção das arcadas do antigo convento,  símbolo da instituição, chamada por seus acadêmicos de "Arcadas".
Em seu interior estão várias esculturas e a tumba do professor Julius Frank, fundador da sociedade Burschenschaft (secreta na época). Na calçada frontal ao prédio, conhecida como "Território Livre" estão varias esculturas históricas, como O Menino e o Catavento, O Beijo Eterno (Idílio) e Herma de Álvares de Azevedo (busto em sua homenagem). 
Ali se encontra a Entidade estudantil mais antiga brasileira, o Centro Acadêmico XI de Agosto.
Completam sua arquitetura impar os vitrais da escadaria, obras da Casa Conrado Sorgenicht  e o mobiliário do Salão Nobre e da Sala da Congregação, confeccionado no Liceu de artes e Ofícios de São Paulo. E o melhor: a visitação ao histórico edifício é livre.
Localização: Largo São Francisco, 95 - Centro
#saopaulo #descubrasampa #sp #sampa #sergiobrisola