Abobada da Catedral da Sé

Detalhe arquitetônico da Abobada central da Catedral da Sé São Paulo
Abobada da Catedral da Sé
Detalhe da abóbada central da Catedral Metropolitana da Sé com influência arquitetônica do revivalismo gótico que mais sobressai na construção da Catedral, sendo exemplos disso a utilização de elementos arquitetônicos como a abóbada de cruzaria de ogivas ou do arco quebrado.
A Catedral possui cinco naves cobertas por abóbadas ogivais, quase todas quatripartidas. O ponto de intercessão entre elas é uma abóbada alicerçada por doze colunas de três metros de diâmetro e trinta metros de altura. A utilização de arcobotantes permitiu que o empuxo das abóbadas recaísse sobre os contrafortes possibilitando maior elevação do edifício. No acabamento foram usadas 800 toneladas de mármore de Carrara e Siena sob a orientação do arquiteto Giuseppe Saverio Giacomini. O projeto original da Catedral de 1912 é de Maximilian Emil Hehl.
#saopaulo #saopauloforall #descubrasampa #sergiobrisola