BM&F - BOVESPA - B3

Perspectiva inferior da fachada do prédio da BM&F/BOVESPA/B3 - Centro - São Paulo
BM&F - BOVESPA - B3
A história desta "sopa de letras" remonta ao ano de 1890 com a criação da Bolsa Livre, que depois passou a ser Bolsa de Fundos Públicos de São Paulo, em 1895 e em 1934 alterada para Bolsa Oficial de Valores de São Paulo (BOVESPA). Paralelo a isto também temos a criação da Bolsa de Mercadorias de São Paulo (BMSP) em 1917 e da Bolsa Mercantil de Futuros (BMF) em 1985, sendo que estas duas se fundiram em 1991 sob a sigla BM&F. A principal diferença entra as duas instituições é que a Bovespa negocia ações e a BM&F negocia contratos de mercadorias (commodities) e câmbio para entrega futura. Após muitos anos em que os principais Estados Brasileiros mantinham as suas próprias bolsas de valores independentes, todas foram unificadas por resolução federal em apenas uma, a Bovespa.
Voltando a "sopa", em 2008 houve a fusão da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) com a Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), resultando na BM&F/BOVESPA. Completando a história da atual instituição temos a criação da Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos (CETIP) em 1984 com o objetivo de disponibilizar sistemas eletrônicos de custódia, registro de operações e liquidação financeira no mercado de títulos públicos e privados.
Em 2017 as 2 instituições, CETIP e BM&F/BOVESPA se fundiram sob supervisão e anuência do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), formando assim a denominada B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) a qual é a bolsa de valores oficial do Brasil, sendo atualmente uma das 5 maiores do Mundo.
A sede da B3 fica na Praça Antônio Prado, Centro, no prédio da foto que era o prédio sede da antiga BM&F, defronte ao Edifício Altino Arantes (Farol Santander / Banespão).
#saopaulo #descubrasampa #sp #sampa #sergiobrisola